Exportação de hortofrutícolas cresce 5%

 

mercado_alimentar_tomate

O tomate fresco ou refrigerando é muito procurado nos países da União Europeia

Dados do Instituto Nacional de Estatística revelam que a União Europeia continua a ser o principal destino das frutas e legumes portugueses.

Entre janeiro e novembro de 2016, as exportações de hortofrutícolas concretizou mais de 712.225.663 de euros (€). No mesmo período do ano anterior, Portugal tinha exportado um valor de 676.794.191 € em frutas e legumes, o que corresponde a um aumento de 5%, em relação ao mesmo período do ano anterior, como revela o INE

As frutas são responsáveis pela maior fatia de exportações (472.967.818 de euros (€), enquanto os hortícolas representam um valor de 239.257.845 €. Na lista dos produtos mais exportados está o tomate fresco ou refrigerado, com um impacto de 40.962.085 €, mas o primeiro lugar da tabela vai para os citrinos (119.190.662 €), com maior representatividade em vendas para o exterior.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s