Óleo de canola reduz a barriguinha!

barriga-lisa

Os ácidos gordos monoinsaturados atuam beneficamente sobre a gordura a abdominal

O consumo diário de óleo de canola, integrado numa dieta saudável, reduz a gordura abdominal, em menos de quatro semanas. Estudo publicado na revista Obesity.   

O óleo de canola é rico em ácidos gordos monoinsaturados, os quais têm revelado efeitos benéficos na composição corporal, especialmente em indivíduos obesos. Uma das autoras do estudo, Penny M. Kris-Etherton, explica que a gordura visceral ou abdominal aumenta o risco de doença cardiovascular e está associada ao aumento do risco da síndrome metabólica e diabetes.

Neste estudo, publicado na revista Obesity, os investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos EUA, recorreram a uma amostra de 101 participantes e avaliaram o efeito do consumo de quatro óleos vegetais diferentes: canola convencional, canola com alto teor de ácido oleico, canola com alto teor de ácido oleico com DHA (um tipo de ácido gordo ómega-3), milho / cártamo e linho / açafrão.

Durante quatro semanas, os participantes consumiram dois batidos diários que continham um dos tipos de óleo. A cada quatro semanas, os participantes faziam uma pausa, de mais quatro semanas, e seguia-se um novo “tratamento”. Todos os participantes reuniam os mesmo critérios: obesidade abdominal, ou aumento do perímetro abdominal, estavam em risco de ter (ou já tinham) síndrome metabólica, tinham diabetes tipo 2, hipertensão arterial, níveis de glucose elevados e níveis baixos de HDL (conhecido como “bom” colesterol).

O estudo apurou que, um mês após a adesão às dietas com óleo de canola, os participantes apresentavam menos 11 kg gordura abdominal. Além disso, verificou-se que o peso perdido na zona abdominal não foi redistribuído pelas outras partes do corpo. Penny M. Kris-Etherton referiu que habitualmente não se consegue direcionar a perda de peso para regiões específicas do corpo, mas os ácidos gordos monoinsaturados parecem atingir especificamente a gordura abdominal.

Para a equipa de cientistas é essencial novos estudos para analisar os efeitos a longo prazo de uma dieta rica em ácidos gordos monoinsaturados, como é o caso do óleo de canola.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s