Promover a Aguardente Lourinhã DOC

thumbnail_img_0629

Fernando Oliveira, vice-presidente da autarquia da Lourinhã, e o enólogo Miguel Móteo durante a divulgação da Quinzena Gastronómica

Aumentar a produção de vinha e fazer crescer o número de produtores locais. Ao MERCADO ALIMENTAR, Fernando Oliveira, vice-presidente da autarquia da Lourinhã, revela as estratégias que vão ajudar a aumentar a notoriedade da única aguardente do país produzida em região demarcada.

Atualmente, a Aguardente DOC Lourinhã conta com um volume de vendas de 20 mil garrafas, incluindo já a exportação. Com os dois produtores – Adega Cooperativa da Lourinhã e Quinta do Rol – a apresentarem ganhos nas vendas na ordem dos 12% e os 15%, a autarquia da Lourinhã está empenhada em potenciar o crescimento deste negócio local. Para isso tem em curso um plano estratégico integrado que passa pela produção, financiamento e divulgação, como é o caso da Quinzena Gastronómica Aguardente DOC Lourinhã.

Ao MERCADO ALIMENTAR, Fernando Oliveira, vice-presidente da autarquia conta que “está em curso um plano estratégico que visa aumentar a produção de vinha e, posteriormente, aumentar o número de estruturas que garantam a destilação certificada. Mas para isso é necessário criar condições para a entrada de novos produtores”. Outro eixo estratégico é o financiamento e, para isso, a autarquia já apresentou uma candidatura no âmbito do Programa Portugal 2020, para a obtenção de apoios comunitários com vista a apoiar novos investidores.

Desde 2014 que a taxa de crescimento de vendas dos dois únicos operadores tem vindo a crescer entre 12% e 15%. Fernando Oliveira acredita que muito se deve às estratégias de divulgação promovidas pelos produtores, quer pelos prémios conseguidos internacionalmente seja pela presença em grandes eventos, como a Volta a Portugal em Bicicleta ou o evento de surf Rip Curl.

Contudo, Fernando Oliveira acredita que uma estratégia concertada poderá beneficiar todos os operadores e trazer maiores benefícios na hora da comercialização. “Hoje há mais experiência na exportação. A Adega Cooperativa já exporta para a China, via Macau. Existem vários mercados que queremos apostar, sem esquecer o “mercado da saudade”, como o Brasil e a Europa”, conclui o autarca.

A Quinzena Gastronómica Aguardente DOC Lourinhã decorre entre 10 e 20 de novembro e promove iniciativas para divulgar o potencial da aguardente associada à gastronomia. Uma iniciativa que junta 14 restaurantes e visitas guiadas “Experiências Vinícola, as tradições das vinhas e lagares”, que inclui visitas às vinhas e lagares antigos e à Adega A.J.Vinhos, bem como um dia aberto na Adega Cooperativa da Lourinhã, com entrada gratuita.

A Aguardente DOC Lourinhã é a única aguardente do país produzida em região demarcada, a qual só encontra paralelo a nível europeu nas aguardentes francesas das regiões de Cognac e do Armagnac.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s