Compal põe fruta no mapa

mercado_alimentar_anona_madeira-dop

A Anona da Madeira é um dos frutos reconhecidos com denominação DOP

Um mapa das Frutas de Portugal que valoriza as denominações DOP e IGP. A ideia é do Centro de Frutologia Compal.

A Ginja de Óbidos e Alcobaça, a Pera Rocha do Oeste, a Meloa de Santa Maria /Açores e a Maçã Bravo de Esmolfe são alguns dos frutos com Denominação de Origem Protegida (DOP) que têm lugar no novo mapa que promove e divulga as frutas nacionais de origem protegida.

Mapa das Frutas de Portugal agora lançado, e orientado para uma utilização pedagógica, representa as áreas das 17 frutas (num total de 136 produtos) de DOP e IGP (Indicação Geográfica Protegida) existentes em Portugal, as quais representam 15% da produção nacional de frutas frescas. Para além da sua identificação e localização, estão ainda representados os principais elementos biofísicos que contribuem para a qualidade e características das frutas, como o relevo, temperatura, insolação, precipitação e tipo de solos.

O projeto promovido pelo Centro de Frutologia Compal conta com o apoio institucional do Centro de Informação Geoespacial do Exército (CIGeoE) e da Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s