Redescobrir o Chícharo

mercado_alimentar_chicharo mao

O chícharo é uma leguminosa com alto valor proteico

Investigação coordenada pelo Instituto de Tecnologia Química e Biológica, da Universidade Nova de Lisboa, quer encontrar variedade mais saborosa de chícharo.

O projeto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia arrancou em maio de 2016 e prevê ter resultado até 2019.

Depois de alguns meses de preparação, o projeto segue agora para o terreno -uma exploração no município de Alvaiázere (local apelidado “Capital do Chícharo”) – com o cultivo de  150 variedades da leguminosa, provenientes de Portugal, Espanha, Polónia, Canadá, Índia, Paquistão, Síria, Afeganistão e Irão. As variedades em análise serão depois avaliadas pelas suas características nutricionais e pela satisfação do consumidor. No final, será ainda elaborado um perfil genético e proteico de cada uma.

Ao Mercado Alimentar, Carlota Vaz Patto, investigadora e coordenadora do projeto, explica que o estudo decorre com dois objetivos: Trabalhar em conjunto com os agricultores e identificar “a ou as” variedades com maior interessante no ponto de vista de produção e, do ponto de vista de consumo, tornar a leguminosa mais atrativa. “Por toda a Europa se verifica uma redução do consumo de leguminosas pois o consumidor sente que é um alimento pouco dado à inovação alimentar. O nosso objetivo é conseguir mudar essa perceção e ajudar a identificar novas formulações alimentares mais agradáveis e adequadas às novas necessidades de consumo”, conta.

Para isso serão tidos em conta critérios como a composição genética da semente, o valor nutricional do chícharo e as suas características sensoriais, um trabalho que contará com o apoio de uma equipa composta por diversos cientistas, empresas e municípios.

Não é por acaso que o  Chícharo é uma leguminosa típica das serras calcárias de Sicó-Alvaiázere. Muito resistente a doenças, adapta-se bem a terrenos com pouca água sendo por isso uma cultura típica de zonas com terrenos mais pobres. Do ponto de vista nutricional, é uma leguminosa com um elevado valor proteico (27-29%) e rica em flavonoides, enzimas e prótidos. Atualmente é muito procurada por vegetarianos e macrobióticos.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s