Os vegetais não são todos iguais!

D.R.

D.R.

Estudo realizado pela Associação Portuguesa de Dietistas (APD) revela que as mães portuguesas desconhecem os benefícios dos vegetais e por isso variam pouco na alimentação que dão aos filhos.

O estudo decorreu durante o mês de agosto de 2013 e inquiriu 200 mães portuguesas de Lisboa e Porto, com filhos entre os 4 e os 10 anos. As conclusões apontam que as refeições em casa são desequilibradas e repetidas, com pouca introdução de legumes e leguminosas. “Ao não sabermos os benefícios de cada um, acabamos por não variar e dar aqueles que a família mais gosta. É incorreto proceder desta forma, pois cada alimento é rico em determinados nutrientes e todos são importantes para a nossa saúde”, alerta Zélia Santos, presidente da APD.

Não é por isso de estranhar que mais de 50% não conheça os benefícios concretos, por exemplo dos brócolos, espinafres, couves de Bruxelas, feijão-verde, ervilhas, grão, feijão ou favas. E na maioria das vezes, quando afirmam saber, atribuem-lhe os benefícios errados. O único vegetal que parece escapar a esta tendência é a cenoura, “pois é do conhecimento geral que é rica em Vitamina A, contribuindo para a saúde visual”, reforça a dietista.

Quando questionadas sobre a ementa escolar, 49% das mães afirmam que os filhos consomem vegetais na escola todos os dias, e 39% refere que as leguminosas estão no menu escolar 2 a 3 vezes por semana. Talvez por isso, apenas 50% das inquiridas admite incluir vegetais diariamente nas refeições familiares. Por outro lado só 8% serve leguminosas todos os dias, enquanto 59% o faz apenas 1 a 3 vezes por semana.

Quando há birras à mesa, a realidade ainda se altera mais. 65% das mães refere que volta a insistir nos legumes nas refeições seguintes, mas 10% admite que acaba por substituir por outro alimento, sendo que 3% acaba mesmo por desistir.

Apenas 25% afirma que, para insistir, cria novas receitas, o que significa que as restantes não tentam encontrar formas diferentes para dar os alimentos aos seus filhos, o que pode significar uma batalha perdida. Quando questionadas sobre os acompanhamentos, batata (38%) e vegetais cozidos (25%) são os eleitos pelas mães, mas sem dúvida os menos apetecíveis para os filhos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s